TCE julga irregular Exercício Financeiro de 2016 de Cida Oliveira, de Solidão

 A Segunda Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco julgou nesta terça (18) a Prestação de Contas de Governo da Prefeitura Municipal de Solidão, no interior de Pernambuco, referente ao exercício financeiro de 2016, da ex-prefeita, Maria Aparecida Vicente Oliveira Caldas.
 A Segunda Câmara, à unanimidade, emitiu Parecer Prévio recomendando à Câmara Municipal de Solidão a Rejeição das contas da ex-prefeita, relativas ao exercício financeiro de 2016.
 Por fim, fez várias determinações a atual gestão.

Anterior Proxima Página inicial