Serra: Prefeito Luciano Duque recebe ligação do Governador do Ceará pedindo desculpas

 O governador do Ceará, Camilo Santana, do PT, recuou e pediu desculpas aos serra-talhadenses, após colocar em suspeição a idoneidade dos reféns mortos na tentativa de assalto em Milagres (CE, na última sexta-feira (7). Nesta segunda-feira (10), ele ligou para o prefeito Luciano Duque, e fez uma retratação.

“Recebi um telefonema do Governador do Ceará, Camilo Santana, que ao tomar conhecimento da nossa insatisfação diante de suas declarações sobre o trágico episódio ocorrido no município de Milagres, me ligou para desculpar-se e retratar-se, reconhecendo o equívoco por ele cometido. O Governador informou que será feita uma rigorosa apuração para esclarecer todas as questões necessárias e colocou o seu Governo à disposição para o que for preciso”, declarou Luciano Duque.

De acordo com o prefeito, durante a conversa, o governador solicitou que levasse o pedido de desculpas e solidariedade ao familiares do empresário João Magalhães e às vítimas de São José do Belmonte.
“Estendeu, também, a sua solidariedade e o seu pedido de desculpas aos familiares das vítimas inocentes dessa tragédia e a todo o povo de Serra Talhada. Aceito a manifestação do Governador Camilo, que teve a humildade de se retratar e, em tempo, pedir desculpas aos serra-talhadenses”.

EMPRESARIADO
Ao saber do telefonema do Governador Camilo Santana, o presidente do Sindicom, Francisco Mourato, também acatou o pedido de desculpas e disse que ainda está na hora de apresentar retratação para que a honra do empresário João Batista Magalhães não seja maculada.
Realçou ainda que a comunidade empresarial da qual Magalhães era parceiro acredita no gesto de ponderação do governador como algo que minimiza esse transtorno que a sua fala causou, antes de apurados os fatos. (Farol)

Anterior Proxima Página inicial