Cadáver é localizado com 17 perfurações na zona rural de São José do Egito. Um suspeito está preso!

 A GT 23311 de São José do Egito realizava rondas quando foi informada sobre um cadáver localizado na zona Rural por volta das 11h00 desta sexta feira 21. De imediato, a guarnição deslocou-se até o local não mencionado pela PM e isolou a área até a chegada do IC, para realização dos procedimentos legais. 

Informações fornecidas por populares noticiavam que a vítima J.M. dos Santos, de 35 anos, tinha ingerido bebida alcoólica na data anterior e que estava na companhia de mais três indivíduos. Testemunhas deram conta que a vítima estava na companhia do suspeito  W. B. A., e H. R. G., e mais um indivíduo  que reside na cidade de Tabira-PE, mas não foi localizado. 

Durante diligências, os policiais identificaram a pessoa de W B A que estava presente no local do crime juntamente com mais populares, e ao o indagar sobre os fatos, ele informou que realmente estava ingerindo bebida alcoólica com à vítima, H R G e H, todavia, teria deixado a companhia dos demais e seguido para casa. Em seguida o policiamento fez deslocamento à residência do suspeito W.B.A, o qual ao notar a presença do efetivo tentou evadir-se do local, sendo acompanhado e detido pelos policiais.

Foi dada voz de prisão ao envolvido  e ao ser indagado qual o motivo da tentativa de fuga, ele informou que teria se assustado com a presença da polícia. Testemunhas informaram que meses atrás, os envolvidos teriam matado um boi pertencente ao pai da vítima, o que gerou um Boletim de Ocorrência registrado na DPC de São José do Egito-PE, bem como teriam dado uma “surra” na vítima.

 Diante dos fatos expostos, os envolvidos foram conduzidos para DPC local para serem tomadas as medidas legais cabíveis. Os peritos do IC identificaram aproximadamente 17 perfurações espalhadas pelo corpo da vítima, atingindo-a o tórax, costas, cabeça e pescoço, tendo as lesões sido causadas por instrumento perfuro cortante.

Anterior Proxima Página inicial