.

.

.

.

.

.

Prefeito Luciano Duque questiona expediente do TCE em direção ao seu governo em Serra Talhada

 “Não foi negado direito; agora isso foi muito rápido. Como é que se vota em duas semanas 6 contas?” Foi o questionamento feito pelo prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque do Partido dos Trabalhadores – PT, em direção ao Tribunal de Contas de Pernambuco, que tem mantido na agenda, julgamentos quase semanais de contas de governo, prefeitura, gestão fiscal e embargos, da prefeitura de Serra Talhada. Em todos os expedientes, Duque tem sofrido amargas derrotas, do órgão de controle de contas.
O questionamento de Luciano foi externado ontem, quinta (08), durante entrevista o jornalista Giovani Sá, que completou o desconforto:
“Fomos pegos de surpresa...agora não se pode ter um julgamento para um governo, diferente de outro. Se você for fazer uma análise, lá no tribunal, casos iguais aos meus foram absorvidos! Agora assim, cada câmara tem uma visão diferente e não foi levada em consideração a questão da redução do PIB, não foi levado em consideração os dois quadrimestre”, explicou.
Para o prefeito do PT;  “julgaram e julgaram. Agora, não estou questionando o tribunal. Não tive como me defender lá e vamos nos defender na câmara, mostrando que não cometi nenhum ato ilícito”, se defendeu.  
Junior Campos


Anterior Proxima Página inicial