.

.

.

.

.

.

Daniel Coelho acusa Paulo Câmara de ‘estelionato eleitoral’ por fim de delegacia

 O deputado federal Daniel Coelho (PPS), opositor do governador Paulo Câmara (PSB), acusou o socialista de “estelionato eleitoral” em discurso na Câmara dos Deputados, em Brasília, nessa quarta-feira (31). O parlamentar criticou a extinção de duas delegacias, uma delas especializada no combate à corrupção, aprovada essa semana pela Assembleia Legislativa. Será criado o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco).
“Por que não assumiram isso no pleito eleitoral? Por que não enviaram a matéria sem regime de urgência para que ela pudesse ser debatida com a sociedade?”, questionou Daniel Coelho. “Está muito evidente o estelionato eleitoral, a mentira que foi contada ao povo de Pernambuco”, acusou.
O parlamentar reclamou de a matéria ter sido votada em regime de urgência após o fim do período eleitoral.
“Evidente que esse fato teria repercussão na própria eleição. A população apoia as ações da polícia no sentido de combater a corrupção, de prender aqueles que estão desviando os recursos da nossa população, tirando os recursos da saúde, da educação e da segurança”, afirmou Daniel Coelho.

Anterior Proxima Página inicial