.

.

.

.

.

.

A força do lulismo no Nordeste

 força do lulismo no Nordeste fica clara nas simulações de segundo turno entre Haddad e Bolsonaro em Pernambuco, por exemplo.
O petista alcança o dobro das intenções de votos do adversário no estado: 53% a 26%. 
 A campanha de Ciro Gomes (PDT) profetiza que Haddad vai atingir o teto das intenções de voto em breve e que haverá espaço para avançar entre os que são anti-PT e anti-Bolsonaro. (Painel – Folha)

Anterior Proxima Página inicial