.

.

.

.

.

.

Em Afogados, casal passa por dificuldades na comunidade dos Pacus e precisa de ajuda


Naturais da cidade de Carnaíba, o casal Manoel Izidório Neto, conhecido como seu Bina, de 58 anos  e dona  Cicera Maria da Silva, de 55, residente há anos na comunidade dos Pacus, na cidade de Afogados da Ingazeira, estão passando por diversas dificuldades e precisando de ajuda da população.
Com um problema de saúde ainda não diagnosticado pelos médicos, seu Bina que antes trabalhava arrancando tocos na roça, já não pode mais trabalhar, ao pegar peso, acaba cuspindo sangue e luta para conseguir uma consulta nas clinicas de Serra Talhada, já que em Afogados da Ingazeira nenhum médico informa o qual o real problema de saúde do mesmo.

Recentemente seu Bina teve o seu beneficio do governo federal suspenso coincidindo ainda com a  suspensão do programa Bolsa Família. Morava de aluguel na comunidade dos Pacus e por não ter condições de pagar o valor de R$ 100,00 (Cem reais) passou a morar em uma casa de taipa no sitio Pacus, próximo a vila.
Sem saber do problema de saúde, escarra sangue
Segundo ele, a Secretária de Assistência Social de Afogados da Ingazeira, Joana Darc mandou fazer o alicerce de uma casa, na promessa da construção de uma casa de alvenaria para o casal, mas a obra foi abandonada.
Duas filhas do casal, já casadas, foram contempladas com o programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal na Vila do Laura Ramos, mas seu Bina não teve  a mesma sorte que as filhas.

A água consumida pelo casal é extraída de um barreiro próximo sem possibilidades para consumo humano. A mesma água utilizada por eles, é dividida com animais. Uma situação calamitosa que precisa de atenção do governo municipal através da Assistência Social.

O casal ainda cria o neto  Carlos Cauã da Silva Sena, de 11 anos. Segundo Dona Cicera, esteve esta semana com Zulene Alves para tentar resolver o beneficio do Bolsa Família. Ela afirma que foi regularizada a situação mas que só poderá receber após o mês de setembro.

Seu Bina pede ajuda ao Prefeito José Patriota, no intuito de conseguir uma moradia digna.


Anterior Proxima Página inicial