.

.

.

.

.

.

.

.

Ciro Gomes busca aliança com PCdoB

Jornal do Basil
Enquanto as tratativas para uma aliança do PDT e PSB em torno do nome do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) para a sucessão presidencial avançam, os pedetistas iniciaram uma articulação para atrair também para a chapa, o PCdoB, que lançou como pré-candidata a deputada estadual Manuela D’Ávila (RS). Segundo melhor colocado nas pesquisas de intenção de votos entre os partidos de oposição ao governo de Michel Temer, a estratégia de Ciro, que já disputou duas vezes a Presidência da República, é sair na dianteira na formação de uma frente que pretende reunir as legendas de esquerda ou pelo menos parte delas já no 1º turno. 
Nesta semana, Ciro e Manuela e dirigentes do PDT e PCdoB se encontraram em evento no Rio Grande do Sul, onde conversaram sobre o cenário econômico e político brasileiro, mas também sobre a manutenção do diálogo entre as legendas progressistas. “É uma posição de por enquanto ter uma candidatura, mas vamos avançar para tentar unir todo mundo se não for possível no primeiro turno, no segundo”, afirma o presidente do PDT, Carlos Lupi. Sobre o PSB, ele diz que as conversas voltaram a “toda carga”. O líder do PDT na Câmara, deputado André Figueiredo (CE), diz que duas legendas estão no foco dos pedetistas. “O PSB, sem dúvida alguma, está na nossa prioridade juntamente com o PCdoB para buscar uma composição ainda no primeiro turno”, afirma. “O PDT vai buscar insistentemente a composição com essas duas forças porque são nossos aliados históricos, seria muito importante já compor conosco no primeiro turno”, acrescenta.
Anterior Proxima Página inicial