.

.

.

.

.

.

.

.

Lula decide hoje como cumprirá ordem de prisão

Dimitrius Dantas e Sergio Roxo – O Globo
O ex-presidente Lula só deve decidir nesta sexta-feira como cumprirá a ordem de prisão determinada pelo juiz Sergio Moro. Um grupo de petistas defende que ele não se entregue e deixe a polícia prendê-lo na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo. Nesse caso, o líder petista passaria no meio de um cordão humano.
- Foi uma prisão ilegal, ainda faltava o tempo dos embargos dos embargos, então, se é isso mesmo que estão fazendo, eles que venham aqui no meio do povo. É a minha posição - disse o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ), um dos defensores da estrategia.
Reservadamente, a ideia também é defendida por outras outras lideranças.
- Vai ser com um mar de gente aqui na frente. Quem se entrega parece que tem culpa e não é o caso do presidente Lula. Vamos ter uma imagem para rodar o mundo e o Brasil - acrescentou Lindbergh.
Lula tem conversado com aliados sobre o que deve fazer, mas ainda não anunciou a sua decisão. O ex-presidente está no segundo andar do prédio, recebendo líderes políticos do PT, PSOL e PCdoB, e metalúrgicos. O petista está animado, mas deve ir para casa para descansar e voltar no começo da manhã. Algumas pessoas entraram no sindicato com colchonetes. Estão no local os pré-candidatos a presidente Guilherme Boulos (PSOL) e Manuela d´Ávila (PCdoB).
Quando a ex-presidente Dilma Rousseff desceu ao saguão do prédio, os manifestantes reunidos no local inciaram um grito em coro "Não vai prender, vai ter luta".

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial