.

.

.

.

.

.

.

.

Jarbas Vasconcelos está de saída do PMDB

Ricardo Noblat
Quadro histórico do PMDB de Ulysses Guimarães e do combate ao regime militar de 64, duas vezes governador de Pernambuco, o deputado Jarbas Vasconcelos está de saída do partido antes que ele saia dele.
Até o próximo sábado, na companhia de Raul Henry, atual vice-governador do Estado, deputados, prefeitos e vereadores, Jarbas se filiará a outro partido, possivelmente o PSD, para ser candidato ao Senado em outubro.
A Executiva nacional do PMDB dissolveu o diretório do partido em Pernambuco que era comandado por Jarbas desde sempre. Um novo diretório será montado pelo senador Fernando Bezerra Coelho, ex-PSB.
Nos últimos seis meses, Jarbas brigou na Justiça contra a decisão da Executiva liderada pelo senador Romero Jucá (RR). Ganhou três liminares, a mais recente do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo.
Ocorre que a qualquer momento poderá perder a briga. E, nesse caso, ficará impedido de disputar as eleições porque o PMDB, sob a administração de Bezerra Coelho, lhe negará a legenda. A saída de Jarbas é sair.
Ele apoia a candidatura do governador Paulo Câmara (PSB) à reeleição. Bezerra Coelho, se não for candidato ao governo, apoiará outro nome que se disponha a enfrentar Câmara.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial