.

.

.

.

.

.

.

.

Em Custódia, Vereador denuncia que Prefeito contratou a Banda Karametade por um valor quatro vezes maior que o cachê

O vereador Marcílio Ferraz (foto ao lado) fez nesta quinta-feira (22) uma grave denúncia contra a gestão do prefeito de Custódia Emanuel Fernandes, Manuca (PSD). Segundo o parlamentar, a prefeitura contratou o Grupo Karametade por um valor quase quatro vezes maior que o cachê cobrado pela banda.
Marcílio disse que solicitou um orçamento  para uma suposta festa na cidade de Sertânia, a ser realizada no mês de abril e foi informado pela produtora da banda a empresa Embrashow, de que o cachê seria R$ 20 mil reais, ou seja, um valor bem diferente do foi pago pela prefeitura de Custódia. 
O parlamentar afirmou que o grupo Karametade recebeu R$ 75 mil reais de cachê da prefeitura de Custódia, na festa de São José, realizada dia 18 deste, lembrando ainda que o show não agradou ao público, tanto pelo estilo das músicas, quanto pelo valor, que deixou uma interrogação. O vereador vai procurar o Ministério Público de Pernambuco – MPPE.

A Banda Karamentade da cidade de São Paulo foi um fenômeno do Samba/pagode nos anos 90, e hoje é falida.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial