.

.

.

.

.

.

.

.

Fora de clássico, Ortigoza vive expectativa de estrear pelo Náutico contra Afogados

O torcedor do Náutico que foi ao Arruda no último sábado tinha a expectativa de ver o atacante paraguaio José Ortigoza pelo menos no banco de reservas do Náutico, no clássico contra o Santa Cruz. No entanto, por uma decisão do técnico Roberto Fernandes, o jogador nem sequer fez parte da delegação alvirrubra. A tendência, agora, é que ele esteja no grupo que vai para o jogo da terça-feira, contra o Afogados, também pelo Campeonato Pernambucano.

Seguindo a linha de poupar os jogadores principais em algumas partidas da temporada, Roberto deve mandar uma equipe mista contra o Afogados. E Ortigoza deve ficar pelo menos no banco de reservas. 

O próprio treinador confirmou que essa é sua intenção, mas há outros fatores nessa equação.

- Vamos aguardar o treinamento de domingo e o de segunda, mas precisamos começar a dar ritmo de jogo ao Ortigoza. Começa a faltar a ele agora ritmo de jogo - disse.

Por outro lado, outro reforço badalado não deve aparecer ainda em campo: o volante Wendel, que também está regularizado, mas começou a treinar apenas na última quinta-feira. Roberto vê o jogador em estágio menos avançado.

- Ele precisa passar por um processo de treinamento para, a partir daí, ir para o ritmo de jogo.
Anterior Proxima Página inicial