.

.

.

.

.

.

.

.

Cássio é desmoralizado pela mídia nacional ao mentir sobre violência na Paraíba

Acostumado a manipular informações e divulga-las como se fossem verdades, o senador Cássio Cunha Lima acabou encontrando a tampa do tabaqueiro, hoje, durante entrevista a Rádio CBN nacional. Falava-se sobre a violência nos Estados e Cássio, ao ser abordado, afirmou que o número de mortes na Paraíba havia crescido, de 2008 a  2016, 39 por cento, ao passo que o Rio de Janeiro registrou, segundo ele, um decréscimo de 8 por cento.

Foi aí que a repórter da CBN desmentiu o senador.

Ela afirmou que  o senador minipulou números absolutamente absolutos sobre a violência na Paraíba para configurar situação inexistente.Em 2011 a violência atingiu patamar máximo no Estado e desde então o índice caiu, afirmou a jornalista, desmentindo o discurso de Cássio.

A propósito do assunto, o jornalista Luis Torres, secretário de Comunicação do Estado da Paraíba, comentou o assunto:

“A única coisa que merece sofrer intervenção na Paraíba são as mentiras do senador Cássio Cunha Lima. E foi o que fez hoje repórter da CBN Nacional ao comentar declaração tucano sobre os índices da violência no Estado. Ela identificou a manipulação das datas feitas por Cássio e corrigiu enfatizando o fato: há seis anos, de 2012 a 1017, a Paraíba vem reduzindo o número de homicídios. É o único estado do Brasil a manter essa redução consecutiva, inclusive, saindo de uma taxa de 44 homicídios por 100 mil habitantes em 2011 para 31 homicídios para 100 mil habitantes no ano passado. Uma redução acumulada de 28% de 2011 pra cá”, observou.

Para concluir, Tôrres lembrou ainda que na gestão do tucano à frente do Governo do Estado, o número de homicídios dobrou.

“Curva totalmente inversa ao período em que o senador Cássio governava a Paraíba, quando o homicídio crescia quase 30% ao ano. Escute o áudio acima e veja o que é uma intervenção bem feita”, concluiu.
Anterior Proxima Página inicial