.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Toma lá: Planalto dá tudo por votos na nova Previdência

Coluna do Estadão – Andrezza Matais
O Planalto negocia a entrega da Secretaria de Saneamento, do Ministério das Cidades, ao PR em troca de apoio na votação da reforma da Previdência. Comandada por Henrique Pires, ligado ao MDB, a cadeira seria transferida a uma indicação da sigla de Valdemar Costa Neto. Em contrapartida, a bancada de 37 deputados entregaria os votos para mudar as regras da aposentadoria.
O governo também deve usar Cidades para atender o DEM, nomeando Inácio Bento na Secretaria de Mobilidade, e o PRB, com Gilmar de Souza no comando de Desenvolvimento Urbano.
Diante da retomada das articulações para votar a reforma da Previdência, o vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (MDB-MG), mandou avisar a Temer que esqueça esse assunto.
Descontente com a nova portaria sobre trabalho escravo, o deputado mineiro esbravejou: “A reforma da Previdência não será votada porque o governo é incompetente e sem palavra”.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial