.

.

.

.

.

.

.

.

Salários em atraso causa proibição de festividades em Custódia

Por Junior Cavalcanti para o Blog
O prefeito de Custodia está impedido de realizar festas ou semelhantes no âmbito do município enquanto os salários dos servidores não forem quitados.  A recomendação foi feita pela promotora de justiça Dra. Camila Spinelly Regis de Melo.
Em sua decisão, a magistrada recomenda que o prefeito do município de Custódia, não promova festividades, antes ou durante o período carnavalesco, inclusive a festividade a ser realizada no próximo dia 20 de janeiro no distrito de Samambaia,  e nas datas festivas que se sucederem, inclusive a tradicional festa de março.
Dra. Camila Spinelly, destaca ainda em sua decisão, que é notório que os servidores regidos de contratação temporária estão a quatro meses sem receber, que os servidores inativos até a data de hoje não receberam o pagamento relativo a dezembro de 2017, e que os servidores ativos estão recebendo sua remuneração em constante atraso. 

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial