.

.

.

.

.

.

Ex-prefeito, ex-secretário e imobiliária são acusados de superfaturamento em Salgueiro

O Ministério Público do Estado de Pernambuco (MPPE), através da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Salgueiro, ajuizou no dia 14 de dezembro de 2017 uma ação civil pública por improbidade administrativa contra o ex-prefeito Marcones Libório, o ex-secretário de Serviços Públicos Erivaldo Pereira, atual vereador, e a Imobiliária Rocha. A promotoria acusa superfaturamento nos serviços de limpeza pública no ano de 2011 e pede ressarcimento aos cofres públicos no valor total de R$ 184.058,02.
A ação ainda requer da justiça a suspensão dos direitos políticos dos réus no prazo de 8 a 10 anos; pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial; proibição de contratação com o Poder Público ou recebimento de benefícios e incentivos por 10 anos; e pagamento de indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 100 mil. O MPPE também pede bloqueio de bens dos acusados no valor de R$ 284.058,02 e que eles paguem os custos processuais.
O processo é assinado pela promotora de Justiça Ângela Márcia de Freitas Cruz e ainda não foi julgado. Cedemos o espaço para as defesas de Marcones, Erivaldo e da Imobiliária Rocha se manifestarem.
Alvinho Patriota
Anterior Proxima Página inicial