.

.

.

.

.

.

.

.

POLÍCIA FEDERAL REALIZA MAIS UMA APREENSÃO DE COCAÍNA NO AEROPORTO INTERNACIONAL DOS GUARARAPES

A Polícia Federal em Pernambuco prendeu em flagrante, na madrugada do dia 11/12/2017, por volta das 1h, RADUY LEVI LEMOS, brasileiro, cursando odontologia, servidor público municipal de Curitiba/PR, 31 anos, natural de Londrina/PR e residente em Campo Comprido/PR-(não possui antecedentes criminais).
A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os federais através da observação visual perceberam que um dos passageiros ao tentar embarcar para Lisboa/Portugal, estava demonstrando bastante inquietação, impaciência e nervosismo. A ação teve seu desfecho final quando os policiais federais o conduziu até a sala de imigração da Polícia Federal e ao ser submetido a uma entrevista prévia começou a contradizer-se em algumas das suas respostas (sobre o valor das passagens aéreas, qual o motivo da sua viagem e qual o hotel em que ficariam na Europa). Ao ter sua bagagem sido separada e aberta em sua presença, os federais vieram a descobrir através de um fundo falso um único invólucro de formato retangular contendo em seu interior uma substância em pó que ao passar pelo exame narcoteste resultou positivo para cocaína. A droga totalizou um peso bruto de 2,7Kg (dois quilos e setecentos) gramas.
Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida foi levado para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuado pela prática do crime contido nos artigos 33 e 40, inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de entorpecentes) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. Após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, onde em seguida passou por volta das 16h do dia 11/12/2017 pela audiência de custódia onde FOI CONFIRMADA SUA PRISÃO PREVENTIVA. Além da droga também foram apreendidos cartão de embarque, passaporte, um aparelho celular, além de € 1.600 Euros
O PRESO POR SER HOMEM TRANSGÊNERO E POSSUIR ÓRGÃO GENITAL FEMININO EXPRESSOU O DESEJO PERANTE A JUSTIÇA FEDERAL DE FICAR CUSTODIADO NA COLÔNIA PENAL FEMININA DO BOM PASTOR E NÃO NO COTEL – CENTRO DE OBSERVAÇÃO E TRIAGEM PROFESSOR EVERARDO LUNA.
Em seu interrogatório RADUY informou que conheceu uma pessoa, em Curitiba/PR o qual lhe fez uma proposta de viagem para levar cocaína num fundo falso de uma mala de Recife para Lisboa/Portugal e para isso receberia a quantia de R$ 20 mil reais quando entregasse a droga em Lisboa/Portugal e retornasse para o Brasil. Disse que aceitou a proposta por estar passando por problemas financeiros.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial