Servidores municipais de Custódia acionam Ministério Público para receberem salários atrasados

Os servidores de Custódia estão se mobilizando para reclamar salários atrasados dos ativos e aposentados, nivelamento das remunerações dos professores com cargas horárias diferentes, falhas no processo de recondução de trabalhadores que estavam afastados por questões de saúde, entre outras reivindicações. Um abaixo-assinado foi preparado pelo Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais para ser entregue ao Ministério Público, caso os problemas não sejam resolvidos.
O sindicato divulgou um comunicado afirmando que “até o presente momento, os servidores aposentados não receberam os salários de outubro” e que “a prefeitura instituiu uma nova junta médica para reavaliar os casos dos servidores afastados dos cargos por problemas de saúde e está reconduzindo muitos profissionais doentes para as funções de onde foram retirados.”
Ainda de acordo com a entidade que representa os servidores, mesmo o município tendo recebido mais de R$ 4 milhões em repasses dos governos estadual e federal, a situação dos pagamentos dos servidores ativos também permanece crítica. Além disso, cerca de 1.200 servidores do município não estão podendo ter acesso a empréstimos consignados porque a prefeitura está devendo aos bancos e estaria repassando as contribuições sindicais.
Alvinho Patriota

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial