Governo de Pernambuco mantém na Região Metropolitana PMs que deveriam estar no Interior, denuncia policial

A convocação feita pelo governador Paulo Câmara (PSB) dos 1,5 mil policiais militares para combater a criminalidade no estado de Pernambuco não é bem o que parece ser. Pelo menos é o que afirma um PM (que prefere não se identificar).

Segundo relatou ao Jornalista Carlos Britto, mais da metade desses policiais foram destinados para diversos batalhões do Interior, Agreste e Região Metropolitana do Recife (RMR), entretanto, muitos deles deveriam estar trabalhando nos seus batalhões de origem, a exemplo dos policiais do Sertão.

“Eles estão trabalhando na capital ‘emprestados’, sem saber quando irão voltar para casa e para o aconchego da família. Tudo isso com o intuito de demonstrar à população recifense a sensação de segurança, sendo que o Interior do estado também necessita de policiais e mais segurança devido aos altos índices de criminalidade. Os policiais estão na Região Metropolitana cumprindo escalas diariamente a pé, alguns sem folga há mais de 14 dias. Esqueceram de nós e do Sertão”, desabafa. Com a palavra, o Estado.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial