Advogado espancado em Serra Talhada não resiste e morre na UTI da Restauração em Recife

O advogado serra-talhadense Domingos Sávio Lima Silva, 55 anos, faleceu na manhã desta quarta-feira (22), por volta das 7h50, na UTI do Hospital da Restauração, onde se encontrava hospitalizado a cerca de trinta dias.
A noticia foi confirmada  pelos familiares, através do advogado José Roberto, que é primo da vítima. Com isso, o número de homicídios sobe para 34 em Serra Talhada em 2017.
Domingos Sávio foi vitima de um ataque brutal de um cliente identificado por Alcimar Batista da Silva, 32 anos, que num ato de covardia, atacou o advogado, no centro da cidade, com golpes de madeira na cabeça e em várias partes do corpo.
Desde que ficou hospitalizado na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) o advogado passou por várias complicações, inclusive foi acometido por meningite. Mas, nesta manhã, os rins paralisaram por completo. Ainda não há informações quanto a chegada do corpo a Serra Talhada.
Farol

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial