• title
  • Title
  • Title

.

.

SUPOSTAS IRREGULARIDADES NO HOSPITAL DOM MOURA VIRAM ALVO DE INVESTIGAÇÃO POR PARTE DO MINISTÉRIO PÚBLICO

O Hospital Regional Dom Moura virou alvo de uma nova investigação da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Comarca de Garanhuns.  É que o Ministério Público abriu um inquérito civil para apurar a veracidade ou não de uma denúncia recebida pelo órgão, ainda ano passado.
Segundo publicação feita no Diário Oficial desta terça, 24/10, a denúncia foi feita online e  noticiou supostas irregularidades no maior hospital do Agreste Meridional, que atende a mais de 20 municípios.
Ainda de acordo com o teor  do documento publicado no Diário Oficial, a denúncia consiste em suposto desvio de recursos públicos; uso dos leitos da UTI como moeda de troca de favores; pagamento de plantões extras que não são dados; conivência da Secretaria Estadual de Saúde e da Casa Civil do Governo do Estado com as irregularidades; plantões médicos de 24 horas dados pela metade; licitações fraudulentas; dispensas ilegais de licitação e pagamentos ilegais a pessoas físicas.
A 2ª promotoria tem á frente o experiente promotor Domingos Sávio Pereira Agra. A portaria que deu origem ao inquérito também diz que as supostas irregularidades mencionadas acima, acaso comprovadas, implicarão em ação de improbidade administrativa em face dos responsáveis, com base na Lei nº 8.429/92, sem prejuízo das sanções criminais e administrativas legalmente cabíveis.
Uma audiência foi marcada para ouvir o denunciante visando a especificação das acusações e à coleta das provas de que ele dispuser. A identidade de quem fez a denúncia não foi revelada.  A assinatura da portaria que deu início ao inquérito é do dia 18 de outubro.
(Com informações do V&C Garanhuns)

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial