• title
  • Title
  • Title

.

.

SuperTemer se meteu com a SuperTele

Num momento de onipotência, Michel Temer disse que "converso com quem eu quiser, na hora que eu achar mais oportuna e onde eu quiser". Conversou com Joesley Batista e deu no que deu.
Temer é um homem frio, mas de vez em quando vira SuperTemer. Esse perigoso personagem recebeu no Planalto uma comitiva de conselheiros da operadora Oi, a ex-telegangue, ex-Telemar e ex-SuperTele. Ela deve R$ 63 bilhões na praça. O grupo estava escoltado por três deputados e representava os interesses do empresário Nelson Tanure, que participou do encontro, sem que seu nome constasse da agenda.
Num rolo desse tamanho, as querelas são muitas, mas vale a pena resgatar uma delas. O conselheiro Hélio Costa, ex-ministro das Comunicações de Lula, anunciou que será "impossível" cumprir o acordo que a Oi assinou com a Anatel, comprometendo-se a transformar em investimentos, num prazo de quatro anos, os R$ 11 bilhões que admite dever à Viúva por conta de multas. Costa (e as demais operadoras que entraram na farra desse "Termo de Ajustamento de Conduta") querem até 12 anos de refresco.
A operadora ofende o regulamento, é multada e não paga. Mal administrada, quebra. Faz um acordo e promete investir o que deve. Não quer cumprir o trato e vai ao presidente da República, escoltada por três deputados.
Quando der bolo, SuperTemer precisará de bons advogados. 
Elio Gaspari - Folha de S.Paulo

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?