• title
  • Title
  • Title

.

.

Ex-vereador de Tavares solicita providências contra carros-pipa clandestinos

Apesar do insucesso nas eleições municipais de 2016, após ter exercido vários mandatos na Câmara Municipal de Tavares, no Sertão da Paraíba, o ex-vereador Antônio Cândido Filho (Toinho Cândido) continua preocupado com os problemas do município, a exemplo da solicitação de sua autoria de providências contra a retirada irregular da pouca água que resta no Açude Tavares II, reservatório que abastece a cidade e os povoados Belém e Jurema, na zona rural do município.
 
Prova disso foi o ofício encaminhado na última quarta-feira (25) ao prefeito da cidade, solicitando medidas cabíveis no sentido de proibir a retirada d'água do açude localizado no sítio Cachoeira Lisa, naquele município, por carros-pipa clandestinos que estariam retirando o precioso líquido para consumo de uma granja localizada no vizinho município de Princesa Isabel.
 
Com capacidade máxima de 9.000.000 m³ (nove milhões de metros cúbicos), o Tavares II está com menos da metade do volume total, de acordo com informações da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba - AESA, órgão responsável pelo monitoramento dos reservatórios no Estado da Paraíba
 
Diante dessa situação crítica, além da evaporação por conta da seca severa  que assola a região ao longo de vários anos seguidos, Toinho Cândido reclama da falta de fiscalização dos órgãos competentes contra caminhões clandestinos que diariamente fazem a retirada da água, quando se sabe que apenas dois carros-pipa estão cadastrados para abastecer a zona rural do município. 
 
Foi preciso, no entanto, que um ex-vereador alertasse sobre a situação para que a Câmara Municipal de Tavares se apressasse em anunciar a realização de uma Audiência Pública, com a presença do diretor presidente da AESA, prevista para acontecer no dia 10 de novembro, com a finalidade de coibir a retirada irregular de água pelos carros-pipa clandestinos.
 
Em acontecendo, essa será a terceira Audiência Pública realizada pela Câmara de Vereadores de Tavares nesse sentido, cujo resultado espera-se que seja positivo, pois, de acordo com informações, as duas anteriores não surtiram efeito algum. 
  Juru Em Destaque

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial