• title
  • Title
  • Title

.

.

QUINTA CULTURAL RESGATA A MAGIA DAS GRANDES SERESTAS AFOGADENSES

É impossível falar da história cultural de Afogados da Ingazeira sem fazer referência à seresta e ao seu séquito de seguidores no município. Um projeto da Prefeitura de Afogados da Ingazeira, Quinta Cultural, trouxe de volta, na noite de ontem (28), a atmosfera de romantismo e boemia das antigas serestas, trazendo de volta, através da música, um passado saudoso e feliz.
Seresteiros de todas as idades puderam acompanhar na Praça Alfredo de Arruda Câmara, em frente à catedral, a apresentação de seresteiros de várias gerações numa bela homenagem ao inesquecível seresteiro Deda de Corina. O evento começou com o radialista ‘Carrim’ de Lica falando um pouco sobre a história das antigas serestas afogadenses. Mais do que contar, ele brindou o público com uma gravação de uma serenata realizada em 1974, em frente ao cineteatro São José.

Entremeando as histórias do homenageado e das serestas passadas, uma constelação de artistas da terra desfilou, para o deleite de todos os presentes, grandes clássicos do gênero, a exemplo de “Ouça”, “Volta por cima”, “Torturas de Amor”, “Fracasso”, “Alguém me disse”, “A volta do boêmio”, “Devolvi”, dentre tantas outras músicas que jamais envelhecerão no coração do povo.
Hélio Chalega, Adelmo Veras, Genival, Pé de Banda, Chagas, Josimar, Gustavo Pinheiro, João do Cortiço e Cândida Neves fizeram um show inesquecível, que ficará guardado na memória de quem foi à Praça e na história das grandes serestas de Afogados da Ingazeira. A Secretaria de Cultura e Esportes, coordenadora do Projeto Quinta Cultural, apresentou um vídeo com depoimentos emocionantes de parentes e amigos, sobre quem foi Deda de Corina.

Como em um programa de auditório, o público pode fazer perguntas aos músicos e pedir canções de sua predileção. Eles também receberam uma caneca estilizada do evento em agradecimento pela participação. Em um dos intervalos das apresentações, o Secretário de Cultura, Edgar Santos, acompanhado do Secretário Executivo, César Tenório, entregou uma placa de homenagem póstuma aos familiares do saudoso Deda. “Essa homenagem representa um pouco da nossa gratidão e reconhecimento ao muito que Deda fez como músico e seresteiro pela cultura em nossa cidade,” destacou Edgar.
“Essa receptividade, esse clima de saudosismo e nostalgia, a alegria que só a boa música pode proporcionar, fazem desta edição, uma das melhores já realizadas em uma quinta cultural. Valorizar a seresta é valorizar uma importante tradição cultural de Afogados. Estamos muito felizes em poder propiciar esse momento tão bonito para a nossa população,” avaliou o Vice-Prefeito Alessandro Palmeira, agradecendo ao público presente e falando em nome do Prefeito José Patriota. 

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?