• title
  • Title
  • Title

.

.

Petrolina: Projeto realiza passeata e leva crianças para abraçarem o rio São Francisco

Uma passeata ecológica mobilizou estudantes, professores e pais de alunos na tarde desta segunda-feira (25) em Petrolina – PE. O movimento pela preservação, defesa e revitalização do Rio São Francisco começou na rua Aristarco Lopes e seguiu até a Orla Fluvial com muitas faixas e cartazes, música e conscientização sobre a importância da água.

A passeata, que faz parte da Culminância do Projeto ‘Há que se cuidar da vida’ - trabalhado junto aos alunos do Maternal 1 ao 1º Ano da Educação Infantil da escola – teve o ponto alto na Porta do Rio. Em meio a apresentações poéticas e solos de violão, as crianças com idades entre 2 e 6 anos recitaram cordéis dedicados ao Velho Chico e ouviram atentamente a professora Socorro Lacerda falar sobre seus livros ‘O mistério do sumiço do velho chico’ e ‘Vira-vira violeta’.
E, para completar o encontro ao por do sol, todos foram convidados a darem as mãos e num grande abraço simbólico cantaram a música ‘Boato Ribeirinho’, de Wilson Duarte, Wilson Freitas e Nilton Freitas. Para o produtor cultural Celso de Carvalho, pai do aluno Celso Régis, a participação de toda sociedade em defesa dessa causa é muito válida.

“Tem duas forças importantes envolvidas nesta tarde. Primeiro é a própria ação da gente em abraçar esta luta tendo em vista a grave situação do rio. Depois é a questão educativa que conscientiza as crianças a também perceberem que elas devem se posicionar, ir pra rua, fazer seus cartazes e lutar pelo nosso rio”, pontuou.
A culminância do projeto ‘Há que se cuidar da vida’ prossegue nesta quarta-feira (27), durante todo o dia, com uma exposição de artes plásticas no Plenus Orla e, na sexta-feira (29), os alunos fazem uma série de apresentações artísticas às 7h30 e às 13h30 também no palco do Plenus Orla.

Em outubro de 2015, o projeto pedagógico ‘Há que se cuidar da vida’ recebeu por unanimidade da Câmara de Vereadores de Petrolina uma Moção de Aplausos.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?