• title
  • Title
  • Title

.

.

Agricultora Florense, residente em Afogados procura filho desaparecido há 31 anos em São Paulo


A agricultora Maria Dejanira da Silva, conhecida como Dona Lia, de 74 anos, natural do sitio Tenório, na zona rural de Flores, onde viveu a maior parte de sua vida e hoje residente na Travessa Izidio Ferreira n° 59, no Bairro Padre Pedro Pereira, em Afogados da Ingazeira, está a procura do seu filho  Severino Arnaldo da Silva, conhecido como Pedreiro, hoje com 52 anos, desaparecido desde 1986, aos 19 anos de idade quando saiu do sitio São João dos Leites, em Flores, para a cidade cidade de São Paulo-SP.

Dona Lia falou ao Blog do Cauê Rodrigues, que Severino era um jovem religioso, trabalhador e que sempre exerceu a função de pedreiro, profissão que lhe rendeu o apelido, que chegou a ter um relacionamento com com Zenilda Siqueira, com quem teve três filhas; Deusa Maria da Silva, ainda residente no sitio São João dos Leites, em Flores, Adriana da Silva, hoje residente em São Paulo e Arlene Silva, residente na cidade de Serra Talhada.
O ultimo contato que Severino (foto) teve com Dona Lia, foi através de uma carta com endereço da Rua Professor  Horácio Meireles Teixeira n° 999 Bairro Morumbi- São Paulo.
Severino e Lucier, única foto
Ainda segundo Dona Lia, com a falta de contato do filho, resolveu ligar para São Paulo em busca de informações, por telefone, recebia  noticias de que o filho teria sido assassinado durante um assalto e que teria sido sepultado como indigente, mas a intuição de mãe continuava em sua memória de que o filho estaria vivo. Em outras tentativas de informações, soube que o filho teria mudado de  endereço e se tornara evangélico, o que reanimou sua esperança de reencontrar o filho que não vê há 31 anos.

Severino perdeu o pai Manoel Sebastião da Silva, quando tinha apenas nove anos de idade e seu irmão caçula, apenas cinco meses de vida. Com seu Manoel dona Lia ainda teve os filhos; Maria José da Silva que mora no Rio de Janeiro, Alzenir Maria, residente em São Paulo,Juscelino Sebastião, também no Rio de Janeiro e o caçula José Lucier, que hoje vive em Petrolina-PE. Severino foi o segundo filho de Dona Lia.

Para informações sobre o caso, ligue para (87) 996-37-3015 e traga uma boa noticia para Dona Lia que sonha em rever seu filho.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial