.

.

.

.

.

.

.

.

Aécio não consegue se eleger para ‘cargo’ na escola da filha

A influência de Aécio fora dos bastidores políticos, porém, anda desgastada. O tucano tentou ser o padrinho da sala de sua filha numa escola bilíngue de Brasília. Perdeu a votação.
No início do ano letivo, os pais elegem um pai colaborador, responsável por aproximar as famílias da escola. Todos são convidados a votar em um representante por turma. A mensalidade na escolinha gira na casa dos 4.000 reais.
Anterior Proxima Página inicial