• title
  • Title
  • Title

.

.

Sebastião Oliveira é exonerado para assumir mandato a um dia da votação em Brasília

Na véspera da votação da denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara dos Deputados, foi publicado no Diário Oficial do Estado de Pernambuco desta terça-feira (1º) a exoneração de Sebastião Oliveira (PR) do cargo de secretário estadual de Transportes. A iniciativa foi feita a pedido do republicano.
Com isso, Oliveira assume o seu mandato e deve votar a favor do presidente Michel Temer. A princípio, ele não iria para a votação. No entanto, por chamado da executiva nacional do PR, o deputado reassume seu assento na Casa. Com a volta, o suplente Cadoca (sem partido) deixa a Câmara.
Além da exoneração de Oliveira, o governador Paulo Câmara (PSB) designou Antonio Ferreira Cavalcanti Júnior, da Secretaria de Transportes, para responder pelo expediente da pasta, a partir deste dia 1º.
A saída do primeiro escalão do governo Paulo Câmara ocorreria por compromisso com a legenda e com o presidente Valdemar Costa Neto. Vale lembrar que, na época da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), o republicano também pediu para ser exonerado do cargo. No entanto, no dia da votação, ausentou-se, o que beneficiaria a petista. A iniciativa valeu o controle do partido em Pernambuco, tirando do controle do atual prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, que votou a favor do afastamento definitivo de Dilma.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?