• title
  • Title
  • Title

.

.

Pernambuco adere ao Protocolo de Investigação de Feminicídio

Ocupando a 17ª posição no ranking nacional de violência contra a mulher, em taxas de homicídio, segundo o Atlas da Violência 2017, Pernambuco vai aderir ao Protocolo de Investigação de Feminicídio.
Com a medida, o estado se antecipa para implementar as diretrizes e seguir o Modelo de Protocolo Latino-Americano de Investigação de Mortes Violentas  de Mulheres por Razões  de Gênero. O início do processo de adesão aconteceu nesta segunda-feira, durante o Seminário "Onze anos da Lei Maria da Penha: Da Lei ao Protocolo de Feminicídio. O evento aconteceu no auditório Banco do Brasil, na Avenida Rio Branco, em Recife e faz parte das ações da Secretaria da Mulher de Pernambuco em comemoração ao aniversário da Lei 11.340/2006.
Apesar da lei de feminicídio (13.104) existir desde 2015, em Pernambuco a Polícia Civil ainda não registra ocorrências com o subtítulo feminicídio, o que dificulta o controle de dados sobre o crime e a implementação de políticas públicas.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial