• title
  • Title
  • Title

.

.

Acusado de não pagar pensão, ex-jogador Edílson é preso pela 3ª vez

O ex-jogador Edílson, com passagens pelo Corinthians, Palmeiras e pela Seleção Brasileira, foi preso nesta terça-feira (15) em Salvador.
A prisão temporária cumpre mandado expedido pela 2ª Vara da Família de Brasília pelo não pagamento da pensão alimentícia para um filho. Edílson foi detido em um shopping da capital baiana e levado para a sede da Polinter (Polícia Interestadual).
Esta é a terceira vez que o ex-jogador, conhecido como "Capetinha", é preso pelo mesmo motivo. Em 2014, ele foi detido em Salvador, mas foi liberado no dia seguinte após pagar R$ 102 mil pela pensão de um dos filhos.
Em 2016, o ex-jogador foi novamente preso, desta vez em Brasília, por deixar de pagar R$ 430 mil em pensão.
Edílson também foi alvo, em 2015, da operação "Desventura" da Polícia Federal que desarticulou uma quadrilha especializada em falsificar bilhetes de loteria premiados. Na época, a defesa negou a participação do ex-jogador no esquema. 

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial