• title
  • Title
  • Title

.

.

CADÁVER ENCONTRADO ENTERRADO EM GARANHUNS CONTINUA SEM IDENTIFICAÇÃO

Policiais da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns não conseguiram localizar familiares de uma mulher que teria sido assassinada e enterrada no quintal de casa, no bairro do Jardim Petrópolis em Garanhuns. Os Agentes realizaram diversas diligências no intuito de localizar possíveis familiares da vítima, mas em nenhuma delas foi obtido êxito.
A Delegacia de Homicídio, que tem no comando o delegado João Lins, solicita as pessoas que tenham algum parente desaparecido que seja mulher, que procure a delegacia para uma possível identificação ou até mesmo solicitar exames para comparação de DNA.
O cadáver que possivelmente seja de uma mulher, devido ter sido encontrado vestes femininas junto ao corpo, estava enterrado no quintal da casa do próprio assassino a cerca de um ano e meio. O suspeito procurou a delegacia de polícia na quinta-feira (29/6) e confessou o crime. Em depoimento à Polícia Civil, ele informou que aplicou golpes de artes marciais na vítima que desmaiou e, com ajuda de um compassa a enterrou. Ele também mostrou uma foto de uma mulher aos Agentes e disse que seu nome seria Maria Simone Amorim da Silva e, que ela teria sido sua vítima, mas até o momento esta pessoa é desconhecida na localidade.
Ainda segundo a Polícia Civil, ontem o delegado João Lins solicitou a justiça a prisão do suspeito, José Fábio de Almeida, mas o juiz que se encontrava no Fórum informou que suas audiências não eram de tal competência, e orientou o delegado a fazer a solicitação na próxima segunda-feira durante o expediente. Devido a este impasse, o suspeito que estava sendo ouvido na delegacia foi liberado.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial