• title
  • Title
  • Title

.

.

Afogados da Ingazeira comemora 108 anos de Emancipação Politica

O município de Afogados da Ingazeira, celebra neste 1° de Julho, 108 anos de Emancipação Politica. Como atrativo, os Afogadenses comemoram o aniversário do município com uma vasta programação como a partida de futebol entre a equipe do Afogados FC Sub 20 contra o Náutico Recife no Estádio Vianão ás 15h30 e show com artistas locais, a dupla Os Nonatos, Banda Fulô de Mandacaru e a dupla Amigos Sertanejos no centro Desportivo Lucio Luiz de Almeida a partir das 21h00.
Afogados da Ingazeira é um município brasileiro localizado na microrregião de Pajeúestado de Pernambuco. Destaca-se por ser o segundo principal centro comercial do Vale do Pajeú e por ser sede de diversos órgãos públicos como a Gerência Regional de Educação, a Gerência Regional de Saúde, o 23º Batalhão de Polícia, o TG 07-020 sétima região, o Sassepe, o Hospital Regional, a 24º Ciretran Especial, ARE Secretária da Fazenda-PE, Unidade Avançada Corpo de Bombeiros, CREAS regional, Área Integrada de Segurança, além de outros, Possuindo instituições de nível superior e abrigando a Diocese de Afogados da Ingazeira, única diocese de sua microrregião.
 É a única cidade pernambucana com menos de 50.000 habitantes classificada pelo IBGE como Centro Subregional B, devido sua rede de influência. Possui o terceiro maior IDH da região, somente atrás de Triunfo e Serra Talhada, e está situado a 386 km de distância da capital, Recife.
Administrativamente, o município é formado pelo distrito sede e pelos povoados de Carapuça e Queimada Grande.
HISTÓRIA:
A cidade de Afogados da Ingazeira teve origem em uma antiga fazenda de criação pertencente a Manuel Francisco da Silva. O desenvolvimento da cidade data de 1870, época em que a edificação de casas cresceu.
A origem do nome explica-se com a seguinte história: em tempos distantes, um casal de viajantes tentando atravessar o rio Pajeú, em época de enchente, foi levado pela correnteza e desapareceu. Somente dias depois os cadáveres foram encontrados. Como o município era distrito da cidade de Ingazeira e já existia uma comunidade, no Recife, chamada "Afogados", terminou incorporando o nome de Ingazeira ao seu nome. Daí o nome Afogados da Ingazeira. Também há quem diga que o casal foi encontrado embaixo de um pé de árvore ingazeira.
A cidade tornou-se conhecida no cenário nacional, por ser onde nasceu Antônio Silvino, um dos principais líder de cangaço no nordeste, anterior a Lampião (cangaceiro).
ECONOMIA:
A cidade caracteriza-se como sendo polo do Sertão do Pajeú. Sendo uma das cidades mais prósperas na área de serviços, comércio e lazer da região. Sua economia Historicamente, sempre teve como base a pecuária de corte (bovinocultura e caprinocultura) e a pequena agricultura, com o cultivo de milho, mandioca e frutas. Além disso, ganhou destaque a avicultura, introduzida no município. A cidade tem um forte comércio nos setores automobilístico, vestuários, materiais de construção, 5 bancos, e distribuidoras que abastecem cidades vizinhas.
Na indústria se destacam:
  • Móveis São Carlos, Magno Móveis, principais indústrias de móveis do Estado, transformam Afogados em um importante polo na fabricação de móveis, além do pequenos industriais e do recente inaugurado Polo Moveleiro.
  • INVESA (Indústria de Vestuário do Nordeste) a Maior planta industrial de confecções de Pernambuco, que ficou parada por 10 anos, tem suas atividades retomadas por empresários do polo têxtil do agreste, o que possibilitará Afogados e o Pajeú em novo polo têxtil.
  • Serrote Redondo, indústria de avicultura, processamento industrial para fabricação de congelados de frangos.
  • Mineradora Rostale.
  • Indústrias de Metal-Mecânica, entre elas a Serralharia Modelo, contado a cidade com pequenas fábricas deste segmento.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial