• title
  • Title
  • Title

Temer terá semana decisiva e pode ser denunciado por corrupção passiva

A semana será decisiva para o presidente Michel Temer (PMDB). A expectativa é de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresente denúncia contra ele no inquérito sobre as gravações da JBS. Neste domingo (25), Temer chamou ao Palácio do Jaburu aliados para traçar cenários de defesa. Recebeu a ministra Grace Mendonça, advogada-geral da União, e também o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco.
A Procuradoria-Geral da República (PGR) está finalizando, fazendo os últimos ajustes na denúncia contra Temer, que deve ser apresentada nesta segunda-feira (26) ou no máximo na terça (27). Temer deve ser denunciado por corrupção passiva. A denúncia contra  o presidente tem que ser apresentada no Supremo Tribunal Federal (STF).
O relator da Lava Jato, ministro Luiz Edson Fachin, pode seguir dois caminhos: ouvir primeiro as partes envolvidas – Temer e o Ministério Público – ou enviar logo a denúncia para a Câmara.  Por se tratar do presidente da República, a denúncia só pode seguir adiante com a aprovação dos deputados. (fonte: G1-DF/foto: reprodução)

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial