• title
  • Title
  • Title

.

.

Em Solidão, Vereadora Edileuza Godê aponta irregularidades em aumento de diárias do Prefeito e Presidente da Câmara

A Presidente da Câmara de vereadores de Solidão, Eliana de Genivaldo (PSD), em sessão ordinária realizada na ultima quinta feira 08, ignorou o pedido de vistas dos projetos na forma Regimental feito pela vereadora Edileuza Godê (foto), sem consultar o plenário da Casa Legislativa, e pôs em deliberação e votação o Projeto de Lei n. 06/2017 de iniciativa do Poder Executivo que aumenta o valor das diárias do Prefeito Djalma Alves(PSB).
O Projeto recebeu 7 votos favoráveis. Já o Projeto de Resolução Número 02/2017 que trata do aumento das diárias da Presidente da Câmara, Eliana de Genivaldo, obteve 04 votos favoráveis, dados pelas vereadoras Neta Riqueta, Adriana Lima, Genivaldo Barros (bancada da situação) com voto de desempate da própria Presidente da Casa Legislativa.
A vereadora Edileuza Godê revelou a produção dos programas Rádio Vivo e Cidade Alerta que interpôs recurso na forma regimental da Casa Legislativa contra o ato da Presidente Eliana de Genivaldo, para anular os atos legislativos de deliberação, votação e aprovação do Projeto de Lei n. 06/2017 e Projeto de Resolução n. 02/2017. A parlamentar entende que os mesmos foram realizados ilegalmente na Sessão Plenária por ferir os princípios da legalidade e do devido processo legislativo. Com isso, a vereadora Edileuza Godê espera da Presidente da Câmara que o bom senso prevaleça e corrija a ilegalidade na votação dos projetos, pois segundo ela, a ilegalidade não gera direito. 
Anchieta Santos

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial