• title
  • Title
  • Title

.

.

Aeroporto Regional de Serra Talhada recebe vinte milhões para construção do terminal de passageiros

A parceria entre os governos Municipal, Estadual e Federal vem colocando Serra Talhada na rota do desenvolvimento. E na manhã desta quinta-feira (29), o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, esteve no município onde assinou um termo de compromisso para a liberação de 20 milhões de reais para a construção do terminal de passageiros do Aeroporto Regional do Sertão Santa Magalhães.
Ao lado do prefeito Luciano Duque e do secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, o ministro Maurício Quintella falou sobre a liberação do recurso e a importância da parceria com o município. “Nós vemos com satisfação a parceria firmada com a Prefeitura de Serra Talhada, que cumpriu sua parte para que esse dia fosse possível, quando estamos liberando vinte milhões de reais para o aeroporto, que será um equipamento indutor do desenvolvimento não só para Serra Talhada, mas pra toda região, integrando o Sertão ao restante do estado e do país, e atraindo mais investimentos através da vinda de estudantes, empresas e indústrias”, disse o ministro.

O prefeito Luciano Duque reforçou o empenho do município em agilizar a instalação do aeroporto. “Nós entendemos a importância que esse aeroporto tem para Serra Talhada e para toda região, por isso licitamos em tempo hábil a destinação adequada dos resíduos sólidos através dos aterros sanitários, resolvendo o problema do lixão e atendendo a legislação ambiental, possibilitando assim a implantação do equipamento, que faz parte de uma política de interiorização dos aeroportos criada no governo Dilma, através do Pacto da Aviação Civil, e que vai transformar Serra Talhada num centro de desenvolvimento”, disse Luciano Duque.

O secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, falou sobre o processo de implantação do aeroporto, obra de responsabilidade do Governo do Estado. “A primeira etapa do projeto foi concluída através de um investimento de sete milhões de reais feita pelo estado para a construção e requalificação da pista, e a partir de agora vamos trabalhar na construção do terminal de passageiros para que fique pronto até 2018, e enquanto isso vamos usar um terminal provisório para que os voos comerciais da Azul, que devem começar até o mês de novembro, não sejam prejudicados”, afirmou.  

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial