Temer protocola habeas corpus no Supremo tentando barrar inquérito

A tranquilidade do presidente Michel Temer diante das lapadas que vem levando desde anteontem é apenas aparente. O homem está aperreado e já tentou, através de habeas corpus no Supremo, barrar o inquérito que o ministro Fachim mandou abrir.
Na habeas corpus protocolado pelos seus advogados junto ao Supremo, o presidente da República pleiteia a exclusão do relator/revisor do inquérito 4483, no caso o ministro Edson Fachin, o mesmo que homologou a delação do homem da Friboi e liberou geral o depoimento que joga o presidente no canto da parede.
Segundo advogados, o remédio jurídico tentado pelo presidente é incabível no caso e só demonstra o desespero do chefe da nação.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial