• title
  • Title
  • Title

Serra-talhadense é assassinada pelo marido policial em Mairiporã, São Paulo

O soldado Adriano Pedroso Maciel, de 36 anos, trabalhava na 2ª Companhia de Polícia Militar de Mairiporã, interior de São Paulo. Ele foi preso após matar com um disparo de arma de fogo, a serra-talhadense e esposa dele, Jaqueline Samara Bezerra da Silva, de 28 anos, na noite deste domingo (28) na residência do casal na cidade de Mairiporã-SP. 

Segundo informações do próprio acusado em depoimento, o crime aconteceu após uma discussão do casal, que teve início quando Jaqueline teria encontrado uma mensagem de uma outra mulher no celular dele. Ainda de acordo com Adriano, Jaqueline tinha tentando agredi-lo, e ele por estar sob influência de bebida alcoólica, resolveu pegar sua arma para se defender e atirou uma vez contra a mulher. 
A vítima ainda foi socorrida para o Hospital Nossa Senhora do Desterro na cidade, mas não resistiu ao ferimento e acabou vindo a óbito em cirurgia. Amigos da vítima relataram que o casal passava por uma crise e tinham discussões recorrentes. 

Os dois viviam em um sítio longe do centro da cidade, um vizinho que ouviu o disparo e chamou a polícia. Após depoimento, Adriano foi levado ao Presídio Militar Romão Gomes na zona norte da capital paulista onde deverá aguardar julgamento.

Nayn Neto

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial