• title
  • Title
  • Title

.

.

POLÍCIA CIVIL DESARTICULA QUADRILHA QUE AGIA EM GARANHUNS E ARCOVERDE

A Polícia Civil através da Delegacia da 156° Circunscrição de Arcoverde, com apoio de Agentes da 23° Delegacia de Homicídios, desencadeou uma operação na madrugada desta quinta-feira (20), que desarticulou a quadrilha que se autodenominava de “Baianinhos”.
A operação teve o comando do Delegado Henrique Paiva, com a coordenação do Delegado Seccional de Arcoverde, Antônio Júnior de Lima e Silva, tendo a missão logrado êxito quanto a captura do líder do bando, identificado como, Laércio de Souza Costa Júnior, vulgo Baiano, de 21 anos,  Alex Anderson do Nascimento Inácio,  vulgo Dudinha, de 21 anos, Jamison Gomes da Silva, vulgo Pimpolho, de 21 anos, e Flávia Pereira Alves, 25 anos.
Os investigadores estavam de posse de informações de que o grupo havia levado drogas para Arcoverde na tarde desta quarta-feira e repassado o material para Pimpolho, que comercializava o entorpecente no bairro Boa Vista. Foi montada a operação de monitoramento durante todo o dia e já na madrugada, os policiais civis localizaram Baiano, Dudinha, Flávia, e a adolescente de 17 anos, escondidos em uma casa na Rua Barão de Nazaré,  n° 35, bairro Brasília,  em Garanhuns, no Agreste, onde após abordagem foram apreendidos 300 pedras de crack, cocaína no total de 80 gramas, aproximadamente 1kg de maconha em forma de tabletes, aproximadamente 200 papelotes de maconha prontos para o consumo, dois coletes balísticos, uma espingarda calibre 12 com vários cartuchos intactos,  uma pistola calibre .40 com numeração adulterada e um revólver calibre 38.
Dando continuidade à ação, os agentes dirigiram-se até o bairro Boa Vista, em Arcoverde,  onde prenderam Pimpolho, localizando em seu poder uma pistola calibre 380, municiada, um revólver calibre 38 e mais entorpecente. Foram apreendidas ainda duas balanças de precisão.
O grupo foi conduzido a Delegacia de Arcoverde, onde está sendo autuado em flagrante pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito,  quadrilha armada e corrupção de menores e deverão ser encaminhados a audiência de custódia no Polo de Arcoverde.
Ainda em relação aos envolvidos,  havia Mandado de Prisão Preventiva expedido pela Vara Criminal de Arcoverde em desfavor de Laércio de Souza Costa Júnior, acusado junto a outros comparsas pelo assalto a uma Padaria em janeiro deste ano. Contra Jamison Gomes da Silva também havia Mandado de Prisão expedido pela Comarca de Paulo Afonso – BA, onde o investigado responde por crime de latrocínio.
O bando é  investigado em vários procedimentos na Delegacia de Arcoverde, nos roubos a Loja Arley Cell, ocorrido na tarde desta quarta (19), pelo roubo a Empresa TKS Segurança Privada, quando o vigilante da UPA-E teve um revólver  e um colete subtraídos, os quais foram recuperados durante a ação policial. A quadrilha foi responsável ainda pelo homicídio de Paulo César Lopes da Silva, em Arcoverde, em janeiro deste ano.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial