Marcílio Pires diz que também irá depor em audiência e confessa que mandante, mesmo presa, ainda lhe perturba o sossego

Nas horas que antecedem a primeira audiência em que serão ouvidos José Tenório da Silva, o “Zé Galego” (executor do homicídio) e a fisioterapeuta Sílvia Patrício, apontada como mandante, o vereador Marcílio Pires falou ao Programa Show da Tarde, da Rádio Cultura FM.
Dr. Marcílio disse que também foi intimado para depor e estará presente. Também disse que nesses últimos dias se reuniu com o seu advogado para estudar o processo e deixou bem claro para o mesmo que não tem o desejo de depor na presença dos acusados. “Eu não quero nunca mais encontrar essas pessoas e juridicamente vamos fazer de tudo para que permaneçam o maior tempo possível no regime fechado”, afirmou.
Outra revelação que chamou atenção foi a de que a mandante, Sílvia Patrício, mesmo na prisão, ainda continua encontrando meios de perturbar o seu sossego e de sua família. “Mas eu estou com Deus e ando por todos os lugares sem temer nada”, disse Marcílio Pires.
Por se tratar de um crime de grande comoção e repercussão nacional, existe a expectativa da presença de curiosos na manhã dessa quarta-feira (19) na frente do Fórum de Tabira. Pensando nos desdobramentos do processo, Marcílio Pires pediu à população que não faça nenhum tipo de manifestação que possa atrapalhar o andamento da audiência. Caso contrário, o júri popular poderia ser tirado de Tabira. A audiência está prevista para começar às 9h da manhã. (Radar do Sertão)

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial