Lula garante que será novamente candidato a presidente em 2018

Pela primeira vez o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) admitiu abertamente a possibilidade de disputar mais uma vez a Presidência da República, em 2018. “Nessa situação eu serei. E vou a dizer a você: agora eu quero ser candidato”, disse o líder petista, em entrevista exclusiva ao jornalista Kennedy Alencar, do SBT.
Réu na Operação Lava Jato, Lula disse não acreditar que seu nome possa ser inviabilizado por estar sob investigação da justiça. “Vou ter condições jurídicas de ser candidato, porque não há nenhuma razão jurídica para evitar que eu não seja candidato. Aí seria melhor eles terem coragem de dizer ‘olha, vamos dar um segundo golpe nesse país e não vai ter eleições em 2018”, analisou o ex-presidente, que será interrogado pelo juiz Sérgio Moro no próximo dia 10 de maio.
Otimista, Lula avaliou que teria condições, inclusive, de ser eleito ainda no primeiro turno, como apontam recentes pesquisas de opinião. Mas prefere não se apegar a isso, por enquanto. “Pesquisas com muito tempo de antecedência podem mudar. Quem está em primeiro, pode chegar em último, e quem está em último pode chega em primeiro”.
O petista destacou que para sair do atual momento, primeiro o povo brasileiro precisa “acreditar nele próprio”. Em seguida voltou a atacar a “falta de credibilidade” do Governo Temer. “Para ter credibilidade é preciso ser eleito democraticamente”, afirmou Lula, deixou claro que ele tem condições de retomar os rumos do país. “É só incluir os pobres novamente no orçamento, com geração de emprego e de renda, e não fazer o que estão fazendo, jogando as desgraças em cima do pobre outra vez. Todas as medidas que estão fazendo são para favorecer os ricos”, finalizou.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial