Meirelles a Moro: nunca viu ilícito no governo Lula

Em depoimento ao juiz federal Sergio Moro, nesta sexta-feira (10), em processo que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como réu, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que nunca presenciou ilegalidades ou ato ilícitos no governo do petista enquanto esteve à frente do Banco Central (BC), entre 2003 e 2011.
"A minha relação com o presidente Lula era totalmente focada em assuntos relativos ao Banco Central e à política econômica e, nesta interação, eu nunca vi ou presenciei nada que pudesse ser identificado como algo ilícito ou ilegal", afirmou o ministro para o advogado do ex-presidente.
Meirelles foi arrolado como testemunha de defesa pelos advogados de Lula na ação em que o ex-presidente é acusado de receber um apartamento triplex, no Guarujá (SP), como suposto pagamento de propina por parte da empreiteira OAS.
Em nota, os advogados de Lula afirmaram que Meirelles foi interrompido por Moro, "num notório desrespeito ao trabalho da defesa", ao perceber que o agora ministro da Fazenda de Temer não daria uma impressão negativa a respeito do governo petista. (Jornal Brasil)

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial