• title
  • Title
  • Title

.

.

Substituição de adutora garante abastecimento d’água em Sertânia

O município de Sertânia, no Sertão do Moxotó, continuará a receber água pela rede de distribuição, apesar de os dois mananciais que atendem a cidade estarem em colapso – consequência da estiagem prolongada no Estado de pernambuco.  A Compesa finalizou, esta semana, a  fase de testes do novo  trecho do ramal da Adutora de Jatobá, responsável pelo abastecimento da cidade. A obra  custou R$ 4 milhões e foi  executada pela Casa Militar, com recursos do Ministério da Integração Nacional.
Foram substituídos 12 mil metros da adutora, de tubulações antigas em PVC por outras em ferro, o que irá garantir maior confiabilidade operacional à distribuição de água do município, já que o trecho antigo apresentava constantes vazamentos. Foi possível aumentar a vazão do sistema de 16 para 20 litros de água por segundo.
Quando os mananciais Açude da Barra, operado pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), e o  Açude Cachoeira I, mantido pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), secaram, a Compesa perdeu as duas fontes de abastecimento da  cidade. O Açude da Barra, quando cheio, contribuiu com 2.738 milhões metros cúbicos de água e o  Cachoeira I com  5.950 milhões metros cúbicos.  Para manter o abastecimento da cidade, a solução  encontrada pela companhia  foi transportar água da Adutora de Jatobá, dos poços profundos  na cidade de Ibimirim. As informações são da assessoria. (foto/divulgação)

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?