• title
  • Title
  • Title

.

.

Juru-PB; Prefeitura proíbe pesca e banho no Açude Timbaúba

Juru em Destaque
Embora não esteja sendo cumprido, desde o dia 20 de junho de 2016, através do Decreto nº 014/2016, a Prefeitura Municipal de Juru, no Sertão da Paraíba, proíbe a pesca de arrasto e de tarrafa nos açudes públicos Timbaúba e Glória II (açude do Jorge), cujos mananciais são atualmente destinados ao consumo humano e animal das zonas urbana e rural  do município. 
Com capacidade máxima de 15.438.572 metros cúbicos de armazenamento, o Açude Timbaúba, construído às margens da PB-306, a cerca de dois quilômetros da cidade, é um dos 74 reservatórios monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba - AESA considerados em situação crítica por se encontrarem com menos de 5% do seu volume total. 
De acordo com o último monitoramento registrado no dia 28 de dezembro de 2016, conforme informação da AESA/DNOCS/CAGEPA, o volume atualizado até então era de 514.746 metros cúbicos, ou seja apenas 3,3% do volume total.  

Atualmente abastecendo a cidade de Juru, além de também servir para irrigação, o reservatório já se encontra no volume morto e poderá entrar em colapso total nos próximos trinta dias se não houver acúmulo significativo de água das chuvas que já começaram a cair na região. 
Diante da grave situação, com o risco da água ficar imprópria para o consumo humano, o prefeito Luis Galvão tomou a atitude de fazer cumprir o decreto que proíbe pesca e banho naquele manancial, ficando a Secretaria Municipal de Agricultura, Meio-Ambiente e Pesca autorizada a fiscalizar, assim como notificar os infratores, e, se necessário, requisitar apoio da autoridade policial para coibir a ilegalidade.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?