• title
  • Title
  • Title

.

.

Jovem é vitima de esfaqueamento nas proximidades do Ginásio de esportes em Tuparetama

A guarnição ordinária da cidade de Tuparetama foi solicitada pelo agente de plantão da Delegacia Civil, o qual informou que a vítima  J.P. de F., agricultor, de 20 anos, morador do centro da cidade, estava relatando uma agressão. Ele contou que volta das 03:00 da madrugada de hoje se encontrava na quadra poliesportiva daquele município quando o imputado chegou em companhia de outro indivíduo, indagando a vítima sobre um furto que ocorrera há alguns dias atrás e que em seguida o acusado desferiu um golpe de faca peixeira em seu pescoço. A vítima foi socorrida por populares para o hospital local, posteriormente recebeu alta médica e foi liberada. O policiamento realizou diligências porém não obteve êxito na localização do suspeito. A ocorrência foi registrada e passada à disposição da delegacia para as providências cabíveis.

A guarnição ordinária ao assumir o serviço tomou conhecimento através dos policiais militares que largavam de plantão naquele município, do fato ocorrido na madrugada de ontem quando a vítima foi lesionada no pescoço com uma faca, e que os suspeitos haviam se evadido do local. O policiamento de posse dos nomes e características dos envolvidos deu continuidade às diligências e localizou o imputado E.L.S., de 39 anos, no “Bar de Batata” e o imputado G.F. de S., de 38 anos, no “Bar de Borjão”, ambos moradores do centro da cidade. 

Ao serem indagados, o imputado E.L.S. relatou que procurou a vítima para tirar satisfação sobre um furto ocorrido no trailer do seu sogro, ocorrido dias antes, de onde foram subtraídas bebidas e cigarros, e que a vítima não gostando da acusação o empurrou, momento em que o imputado sacou uma faca peixeira e o acertou no pescoço, fatos esses registrados no Boletim de Ocorrência de Nº 250/2017. Afirmou ainda que se encontrava na companhia do imputado G.F.S no momento da agressão. Diante do exposto, os imputados foram detidos e encaminhados a delegacia, onde foi lavrado um alto de prisão em flagrante contra o agressor E.L.S.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial