• title
  • Title
  • Title

.

.

Guarda municipal de Serra Talhada está sucateada e mal paga, denuncia líder da oposição

A falta de investimento e reconhecimento da importância da Guada Municipal Serra Talhada é nítida no Sertão. A pequena frota para o tamanho da cidade é mal equipada e explorada. Segundo denúncia do vereador e novo líder da oposição, Antonio de Antenor (PR), na rádio Líder FM, os poucos guardas recebem apenas R$ 770,00, as gratificações somam o valor dos salários, para piorar, horas extras não foram pagas e os vencimentos chegaram a atrasar 60 dias.
Em novembro, nosso blog noticiou que um guarda municipal de Serra Talhada, que não pode se identificar, confirmou que após as eleições passou a trabalhar 48 horas ininterruptas para 72 horas de descanso. Detalhe, a responsável pela repartição do plantão não queria permitir nem o intervalo para a refeição na residência do mesmo.
A nova escala de trabalho passou a valer após a reeleição do atual prefeito Luciano Duque (PT), coincidentemente após algumas demissões para ajustar a “máquina inchada” e cumprir a lei de responsabilidade fiscal. A situação gera estresse poderia ser alvo de investigação do Ministério do Trabalho.
Criada na gestão do governo Augusto César (1993-1996) a Guarda Municipal de Serra Talhada vive um dos momentos mais críticos  desde a sua fundação. Um dos principais objetivos da guarda é zelar e ajudar na preservação do patrimônio público, entre  eles, praças, escolas, postos de saúde.
Luiz Carlos Fernandes

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?