• title
  • Title
  • Title

.

.

Golpe já demitiu mais de um milhão de trabalhadores na construção civil

Desde 2014, quando o senador Aécio Neves (PSDB) não reconheceu a derrota nas eleições presidenciais e iniciou uma mobilização que paralisou o País e resultou na derrubada da presidente Dilma Rousseff, o país mergulhou na sua pior crise política e econômica; os reflexos perversos da crise, agravada pela operação Lava Jato, recaíram sobre as empresas de infraestrutura e, principalmente, sobre os trabalhadores; de outubro de 2014 para cá, 1,08 milhão de trabalhadores foram demitidos, apenas na construção civil; dados são do Sinduscon-SP, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas; segundo o estudo, há 27 meses havia 3,57 milhões de trabalhadores na construção. Em dezembro no ano passado, o total caiu para 2,489 milhões, a 27ª queda consecutiva; só em 2016, o setor fechou 414 mil vagas, uma queda de 14,33% em relação a dezembro de 2015.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?