• title
  • Title
  • Title

.

.

Floresta: vereador cobra motivo do atraso no ano letivo


Por Magno Martins
O ano letivo municipal da cidade de Floresta ainda não iniciou. A falta de informações por parte do Governo Municipal, e sem perspectivas de quando as aulas começarão, levaram o vereador Tiago Maniçoba (PSB), a pedir providências ao prefeito Ricardo Ferraz para solução do problema, cobrando, nesta manhã, na sessão ordinária na Câmara dos Vereadores, explicações plausíveis a respeito do atraso no início do ano letivo. 
O vereador reclama a falta de informações oficiais da administração a respeito do calendário escolar, faz menção às constantes reclamações da população que alega se sentir prejudicada em relação às demais escolas estaduais e particulares de Floresta e cidades vizinhas que já iniciaram o ano letivo.
Na tribuna, Tiago cobrou do prefeito explicações de como fará para garantir aos alunos os 200 dias de aula como é de direito, se a reposição será aos finais de semana, se esses alunos terão alimentação e transporte garantido para que possam assistir as aulas e se foi de comum acordo esse atraso com o Sindicato dos Professores.
Em sua fala, o vereador denuncia ainda o fechamento definitivo das unidades escolares na zona rural, nas regiões da Ema e Bonito, fato que prejudica os alunos dessas áreas que precisarão se deslocar para outras regiões mais distantes se quiserem continuar estudando. 
“O ano letivo não poderia jamais ser penalizado, qualquer que seja o motivo dado pela atual administração, pois irá respingar no próprio alunado que não terá férias em julho e no final do ano”, relata Tiago Maniçoba e finaliza, “O fato é que as aulas não começaram e o prejuízo é inevitável em vários setores da sociedade, porque acaba castigando quem não merece por falta de planejamento da gestão municipal”.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial

Quem é a Carnaibana de 2017?

Quem é o Carnaibano de 2017?