• title
  • Title
  • Title

.

.

Presidente Temer agora ataca idosos pobres e deficientes

O Planalto pretende enviar ao Congresso uma proposta que eleva de 65 para 70 anos a idade mínima para a obtenção do Benefício de Prestação Continuada, pago atualmente à pessoa idosa e à pessoa com deficiência de qualquer idade, e ainda desatrelar seu valor do salário mínimo — as correções passariam a ser feitas pela inflação; o governo dá hoje um salário mínimo a estes grupos mensalmente e exigia renda mensal familiar per capita inferior a ¼ do salário mínimo, avaliação médica e social realizadas pelo INSS.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial