Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

FLORES: Após 01 ano da eleição do Conselho Tutelar, MP se manifesta sobre pedido de anulação

Após um ano da realização do Processo Eleitoral para escolha dos novos Conselheiros Tutelares do municipio de Flores, no estado de Pernambuco, o Ministério Público resolveu se manifestar a respeito do Pedido de anulação do referido pleito que foi protocolado ainda no mês de outubro de 2015 através do Advogado Dr. Nelson Tadeu Daniel.
A Ação Civil Pública de número 0000015-75.2016.8.17.0610 que pede a Anulação da Eleição do Conselho Tutelar foi despachada na data de 10 de Outubro de 2016, onde determina. Como pede o MP em sua manifestação de fl. 872. Intimem-se para, querendo, em um prazo de 15 dias, ingressarem no presente feito. Após, nova vista ao MP, independente de conclusão. Intimações e expedientes necessários. 

Segundo Mauricio Vieira, que concorreu uma das vagas de Conselheiro, consta nos autos cerca de mil paginas, dos fatos aportou se junto a promotoria de Flores, noticias indicando que ocorreu diversas irregularidades na seleção dos conselheiros tutelares empossados em 2016, especialmente no que diz respeito á existência de material de propaganda de candidatos no local de votação (cola), cédulas de votação oficial já preenchidas, realização de boca de urna e transporte de eleitores por parte dos candidatos.

Diante do feito, ao final, uma vez comprovadas as irregularidades apontadas no procedimento que instrui a petição inicial, requer seja o mesmo julgado procedente, declarando a nulidade da eleição para conselheiro tutelar do município, determinando a realização de nova Eleição. 

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial