Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

Deputados votados em ST defendem esporte da vaquejada no plenário da Assembleia Legislativa

Os deputados estaduais Rodrigo Novaes (PSD), Rogério Leão (PR) e Augusto César (PTB), todos com base eleitoral em Serra Talhada, estão unidos contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir as vaquejadas no Nordeste brasileiro. O debate foi aberto por Novaes, que criticou o STF, por entender que o esporte provoca maus tratos aos animais.

“Não há dúvida da importância cultural do evento, que remonta aos nossos antepassados”, expressou Novaes. “Não vou dizer que é conveniente puxar o boi pelo rabo, mas há medidas protetivas. Os avanços precisam acontecer no sentido da regulamentação”, acrescentou, destacando projetos de lei com esse objetivo que tramitam na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Já o republicano Rogério Leão também endossou o discurso de Rodrigo Novaes. “Há cidades em que a grande festa é a vaquejada ou a pega de boi. Somo-me ao repúdio contra a decisão do Supremo e a favor da vaquejada, da pega do boi e da cultura do Sertão”.
Por outro lado, o deputado Augusto César foi mais além. Procurou alguns organizadores de vaquejada em Serra Talhada e coletou subsídios para um pronunciamento mais forte.

“Incorporo totalmente o sentimento dos vaqueiros nordestinos. Acho que a violência e a criminalidade vem aumentado no Brasil e isto sim; deveria ser a preocupação do Supremo. Nunca ouvi falar, por exemplo, que um boi tenha morrido nas vaquejadas. Não se tem registro disso. O esporte da vaquejada oferece meios para evitar abusos. Portanto, estou ao lados dos vaqueiros porque a vaquejada é uma tradição secular”, reforçou César.
Com informações da Alepe

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial